Pelos Direitos Humanos

A Amnistia Internacional Portugal esteve presente no festival de música Optimus Alive, onde centenas de pessoas quiseram dar a cara pela defesa dos direitos humanos, no ano em que se comemora o sexagésimo aniversário da proclamação da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Foram tiradas cerca de 200 fotografias, com os amantes da música a defenderem o fim da violência sobre as mulheres, a abolição da pena de morte, o encerramento da prisão de Guantánamo, um controle mais apertado sobre o comércio de armas, mais direitos humanos na China e o fim da pobreza no mundo. No fundo, defenderam aquilo que a Declaração Universal já pedia em 1948: direitos humanos para todos.

Fonte: Amnistia Internacional - Secção Portuguesa

Sem comentários: